quarta-feira, 30 de março de 2011

Conselho Consultivo da CASSEMS aprova duas pautas em Três Lagoas

Na última sexta-feira (25), a CASSEMS (Caixa de Assistência dos Servidores do Estado de Mato Grosso do Sul) realizou em Três Lagoas mais um Conselho Consultivo para decidir novos rumos para a Caixa dos Servidores no município. Além do presidente Ricardo Ayache, estiveram presentes o vice-presidente, Ademir Cerri, os conselheiros fiscais suplentes, Ricardo Alexandre Correa Bueno e Fernando Ferreira de Anunciação, a diretora de finanças, Maria Antônia Rodrigues, a diretora de clientes, Jucli T. Stefanello Peruzo, a coordenadora de autorização Maria Helena Nadra Jeha, a diretora jurídica Flávia Cristina Robert Proença, o diretor de unidades hospitalares, Flávio Stival e a ouvidora da CASSEMS, Cecília Jeronymo Serra.

Ricardo e os demais representantes da CASSEMS foram recebidos pela presidente do Sinted (Sindicato dos Trabalhadores em Educação) de Três Lagoas, Elaine Aparecida Pereira de Sá Barbosa. O encontro foi pautado por dois assuntos muito importantes para os beneficiários da região: o descredenciamento do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora e a compra de metade do Hospital Unimed. Também participaram do conselho representantes de diversas categorias representativas dos servidores sul-mato-grossenses: Paulo Freitas de Queiroz (ACSPMBM/MS), Ivandelson do Nascimento(Sinpol), Edmilso Ramires Saltiva (Agesul), Fátima Amâncio da Silva (Agentes Penitenciários), Jordane Menezes das Neves (Sindjus), Elenir Aparecida Araújo Correa (Secretaria de Saúde) e Gentília Alves Costa (Detran – Três Lagoas).

Para o presidente da CASSEMS, a realização do Conselho Consultivo é muito boa não só para os beneficiários, mas também para a coletividade da instituição. “Nós temos o conselho de administração, o conselho fiscal, temos as diretorias, mas, de nada vale se nós não virmos aqui ouvir vocês que estão vivenciando as necessidades de perto. O conselho é um gesto democrático, é um gesto de transparência, é um gesto que mostra que a gente deve agir sempre em conjunto para tomarmos as melhores decisões para todos nós”, afirma Ricardo.

Ricardo ressaltou que a CASSEMS hoje cuida de cerca de 160 mil vidas, sendo essa uma responsabilidade muito grande e que deve ser dividida entre todos. “Todos devem exercer a função do presidente, para que, juntos, possamos dirigir o nosso plano de saúde com responsabilidade”, lembrou. A beneficiária Marlene Bezerra é uma das “gestoras” do plano de saúde dos servidores e vê com entusiasmo a realização do Conselho Consultivo em Três Lagoas. “O fato de a CASSEMS vir até nós para discutir as decisões é um ato de democracia e mostra o compromisso com o beneficiário”, comemora Marlene.

As duas pautas foram aprovadas por unanimidade pelos diretores e pelos beneficiários, o que mostra que a diretoria e os beneficiários caminham lado a lado por um bem comum, pela coletividade. “Há muito tempo nós recebemos reclamações das condições de atendimento no hospital credenciado, há muito tempo recebemos também pedidos de uma estrutura hospitalar condizente com o número de beneficiários que temos aqui em Três Lagoas”, diz Ricardo. O presidente ainda lembra que para a aquisição da metade do Hospital Unimed, serão usados recursos do fundo de reserva da Caixa dos Servidores.

A presidente do Sinted, Elaine Aparecida Pereira de Sá Barbosa, conta que as duas pautas aprovadas são reivindicações antigas dos beneficiários da CASSEMS de Três Lagoas. “Estou muito satisfeita com a aprovação total das pautas apresentadas. São reivindicações antigas que a gente está conquistando hoje. Nós que vivenciamos essa dificuldade aqui em Três Lagoas, com os hospitais, acreditamos que agora, Três Lagoas terá o melhor hospital do Estado”, finaliza Elaine.

CASSEMS – A CASSEMS é o maior plano de saúde para servidores públicos estaduais em autogestão do país. Conta com 73 unidades de atendimento em todo o Estado, Rede Credenciada com mais de 2 mil profissionais de saúde nas áreas de medicina, odontologia, fisioterapia, fonoaudiologia, psicologia e nutrição, Rede Própria com 14 Centros Odontológicos, 08 Centros Médicos e 06 Hospitais em Aquidauana, Dourados, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba e Ponta Porã, atendendo em sua estrutura, mais de 160 mil vidas em todo o Estado.
Assessoria de Comunicação CASSEMS

Um comentário:

antonio carlos disse...

Parabens! pela materia,,nem eu que usuario ,não sabia da garnde aqbrangencia deste plano.