segunda-feira, 2 de abril de 2012

Hungria: presidente abre mão do cargo depois de acusações de plágio

O presidente da Hungria, Pal Schmitt, disse, nesta segunda-feira, que vai renunciar ao cargo. Na última semana, por disputa de plágio, foi retirado o título de doutorado de Schmitt cuja tese era sobre a trajetória das Olimpíadas e foi defendida na década de 90.

Em discurso no Parlamento, o presidente disse que o cargo "expressa a unidade da nação" pelas leis húngaras e, como sua questão pessoal causou separação em vez de união, ele seria obrigado a deixar o mandato. A oposição do país já reivindicava a saída de Schmitt.

Nenhum comentário: